A Pickup do momento

Fabricada sob a estrutura da Rural (da frente até a porta eram idênticas). A Pickup Willys Overland tinha a distância entre eixos maior, suspensão recalibrada e chassis com 5 travessas, super reforçado para poder transportar  cargas, era a preferida pelos agricultores. Oferecida pela Willys com  caçamba de lata  ou caçamba de madeira (modelo Comercial – Carroçaria tipo plataforma e grades com maior área para cargas) e nas versões 4×2 e 4×4. No Brasil era fabricada  pela Willys Overland do Brasil  com a denominação Pick-up Jeep e posteriormente pela Ford como F-75 e F-85 (Versão especial para o exército). Era amplamente utilizada no campo por ser valente e versátil, enfrentava atoleiros com a maior facilidade, cortava areia e chegava aonde os outros não conseguiam chegar, não havia obstáculos que a segurasse de acordo com a situação das estradas da época.

 Era o único veiculo da categoria equipado com tração total nas 4 rodas. A  motorização era a mesma da Rural com o motor BF161, 6 cilindros, 2600cc, 90HP; a partir de 1968 oferecida opcionalmente com motor de 6cilindros e 3000cc 110HP e em 1975 também com o motor de 4 cilindros, 90HP e 2300cc, mas também teve no início (62) alguns modelos fabricados com motor a Diesel (Perkins) . Inicialmente eram encontrados alguns exemplares importados dos EUA, mas seu início de  fabricação no Brasil foi em meados de 1960 como modelo 1961, no tipo pick-up 4×2 e em 1962 foi lançada a versão 4×4. 

Em 1962 a Willys lançou uma Pick-up Jeep em uma versão especial para o exército -Pick-up Militar-  chamada popularmente de “Cachorro-louco”, pois era brava e valente como tal. – Ainda podemos  encontrar algumas em uso, nos dias atuais, pelo Exército Brasileiro. 

Em 1966 a Willys lançou uma variedade de opções da Pick-up Jeep, onde a Willys anunciava: O Pick-up Jeep não precisa ser adaptado. Ele já vem de fabrica como você quiser: ambulância, carro de bombeiro, lança foguetes para fins militares, carro forte para transportes de valores, alem das versões comuns – standard e cabine dupla.

Mas o anúncio foi ignorado pela Extreme!

Instalada na cidade de Brumado na Bahia, a Extreme aceitou o desafio de restaurar e customizar uma Pickup Willys. Apelidada de Velho Mate, a pickup recebeu diversas modificações, que vão do motor Chevrolet 4.1 com 6 cilindros e carburador de competição, a suspensão Skyjacker com 6 polegadas de altura.

 

O projeto passou por uma restauração completa na lataria e não foram utilizados nenhuma peça em fibra na parte estrutural. Também foram feitas uma modernização da cabine com instalação de bancos Rally Design e alguns mimos tecnológicos. 

“Restaurar uma Pickup Willys Overland era um sonho antigo nosso. O projeto do Velho Mate, nos deu a oportunidade de mostrar ao mercado que a restauração e customizações de jipes é uma realidade possível e a Extreme alcançou um nível de excelência nacional:, disse Sandro Barroca.

Confira alguns videos e fotos do projeto.

Publicado por: quadx4